Dicas para financiar uma casa de férias

Dicas para financiar uma casa de férias

Tempo de leitura: 3 minutos

Ao procurar a casa de férias certa, é importante colocar e manter suas finanças em ordem. Reserve um tempo para consultar um corretor de imóveis especializado em casa de férias. 

Sabemos que a  situação financeira de cada comprador de casa é diferente. Para que você tenha as informações e os insights  que precisa para entrar com o pé direito, nós, do Anfitrião Prime reunimos algumas dicas que poderão te ajudar. 

E quem sabe, no futuro,se você quiser arrumar uma renda extra e poderá transformar o seu imóvel em um negócio de aluguel por temporada.

O que não fazer ao financiar uma casa de férias

O que fazer ou não quando você estiver financiando uma casa de férias. Confira as dicas.

1. Evite gastos supérfluos quando estiver perto de comprar

Evite fazer compras grandes por impulso. Lembre-se que qualquer mudança no seu comportamento, poderá afetar negativamente o seu crédito no período de quatro a seis meses que antecede a compra de uma casa de férias.

Os bancos vasculharão suas contas para terem certeza de que podem confiar em você e que você é um bom pagador, caso você solicite um empréstimo. 

Porém, se você fizer uma grande compra (como um carro, um barco ou o pagamento de um casamento) ou perder até mesmo um pequeno pagamento, isso poderá impactar diretamente no valor do empréstimo,no prazo de pagamento e, consequentemente, nas taxas de juros.

2. Não saia do seu emprego principal

Quando você está comprando uma casa de férias, pode não ser o melhor momento para se aposentar ou desistir com seu empregador atual. Fique até que a papelada de fechamento seja assinada.

Na maioria das vezes, os credores qualificam você para os termos do empréstimo com base em fatores como: relação dívida / rendimento. Portanto, se você ficar desempregado repentinamente – mesmo que seja uma aposentadoria precoce – um credor pode penalizá-lo ou decidir suspender o financiamento.

O que fazer quando estiver financiando uma casa de férias

3. Deixe seu crédito em ordem

Mantenha o seu crédito em dia ou aperte-o um pouco.

  • Continue pagando suas contas em dia
  • Evite abrir novas linhas de crédito
  • Evite fechar qualquer conta de crédito
  • Verifique seu crédito em Equifax , Transunion e Experian

Resolva quaisquer erros ou discrepâncias em seu relatório de crédito

Quando você está comprando uma casa de férias, a pré-aprovação e os termos finais do empréstimo podem ser afetados negativamente por um crédito ruim ou erros de crédito incômodos e errôneos. Quanto melhor for sua pontuação de crédito, melhor será sua taxa de juros. Você pode querer executar seus relatórios em todas as três agências de relatórios de crédito: não é incomum encontrar informações diferentes em cada site.

4. Prepare o pagamento inicial do financiamento da sua casa de férias

A maioria dos credores e tipos de empréstimo exigirá que você pague uma certa porcentagem do valor do empréstimo como entrada. Se seus ativos ainda não estiverem líquidos, pode ser hora de transferir seus fundos de pagamento para dinheiro.

Lembre-se, se você não está colocando pelo menos 20%, os credores exigirão que você tenha seguro de hipoteca, que será adicionado ao seu pagamento mensal da hipoteca.

Se você estiver recebendo algum dinheiro da família ou amigos para ajudá-lo a comprar uma casa de férias, esse dinheiro pode ser usado para ajudar nos pagamentos iniciais. Porém, a maioria dos credores exigirá uma carta de presente formal. Certifique-se de ter a papelada necessária para atender aos requisitos do credor.

5. Planeje os custos do financiamento

Os  custos do financiamento costumam ser altos e podem pegar os investidores de  surpresa. Esses custos incluem as taxas e impostos que vão um pouco além dos valores da casa de férias que será adquirida. 

Por esse motivo, os custos deverão incluir o prêmio do seguro hipotecário, o pagamento anual do imposto sobre a propriedade, e outras taxas.

Para se certificar de que você está preparado para os custos de fechamento, converse com seu agente imobiliário de aluguel por temporada e seu credor para se alinhar sobre o que seus custos de fechamento implicam, quanto podem custar e o que você pode fazer para reduzi-los. O credor é obrigado por lei a fornecer a divulgação de fechamento pelo menos três dias úteis antes do fechamento.

Oportunidade de negócio:  Aumente suas reservas com o Anfitrião Prime

Conheça uma empresa que utiliza alta tecnologia e recursos que possibilitam uma gestão eficiente da sua propriedade. Além de anunciar o seu imóvel em mais de 30 sites de reserva, o Anfitrião Prime cuida ainda de toda a gestão do calendário de reservas e indica prestadores de serviços que ajudarão a manter o seu imóvel organizado e pronto para receber novos hóspedes. 

Para conhecer melhor esse serviço, acesse o nosso site e conheça as opções de planos  que oferecemos. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *